Contatores VS Relés: qual a diferença?

Tanto os contatores quanto os relés podem ser melhor definidos como dispositivos ativos para gerenciar e manter a eficiência do circuito. Normalmente, o arco é sustentado por um contator pneumático e uma série de ferramentas semelhantes para esse fim.

Muitas vezes é difícil distinguir entre relés e contatores, pois eles estão localizados em um único painel de controle. Então, quais são as características específicas dos contatores e relés elétricos? Quais são os princípios de funcionamento de contatores e relés? Bem, encontraremos as respostas para essas perguntas nas próximas seções.

1. Introdução aos Contatores e Relés

A característica dos contatores e relés elétricos é que funcionam segundo o mesmo princípio. Em termos mais simples, os dois dispositivos acima são interruptores eletromagnéticos que ajustam e gerenciam cargas elétricas por meio de carregamento adicional. A sua estrutura é quase a mesma, o que suporta ainda muitas semelhanças nos seus princípios de funcionamento.

O que um contator ou relé faz? E como são feitos os contatores e relés? Ambos os dispositivos possuem uma caixa superior e vários contatos. Observe que esses contatos geralmente estão abertos, embora também possam estar fechados. Diferente do invólucro superior, há um excelente ímã e bobina na parte inferior do invólucro desses dois dispositivos para continuar a manter e proteger os outros terceiros acessórios.

2. Qual a diferença entre relés e contatores?

Agora que você tem uma compreensão clara dos princípios de funcionamento de relés e contatores, pode estar se perguntando quais são as principais diferenças entre esses dispositivos. A principal diferença entre esses dois dispositivos é a classificação atual que eles mantêm. Como os contatores são usados para lidar com cargas elétricas de alta tensão e alta corrente, eles costumam ser significativamente diferentes dos relés comuns.

Para entender melhor a diferença entre esses dois dispositivos, revise as seguintes definições de recursos que descrevem a função e a finalidade do dispositivo.

Função

A melhor definição de um relé de controle é um produto que pode garantir que todos os contatos em um circuito específico possam operar com sucesso, mesmo quando as condições do mesmo circuito ou de um circuito semelhante mudam.

Por outro lado, um contator é um dispositivo projetado para interromper um circuito existente em um ambiente normal.

Tamanho

A principal diferença entre esses dois produtos é o tamanho. Comparado com o contator, o volume do relé de controle é bastante pequeno. Em segundo lugar, devido a esta pequena capacidade, o relé de controle transporta menos carga que o contator.

3. Carga elétrica e faixa de circuito

Os contatores são mais adequados para transportar cargas superiores a 10A, enquanto os relés de controle só podem transportar cargas até 10A. É por isso que normalmente você descobre que o sistema de relé de controle opera em um circuito monofásico, principalmente no circuito de controle, e o contator pode gerenciar com eficácia a carga elétrica trifásica.

4. Tipo de contato

Outra diferença relacionada entre relés e contatores são os contatos auxiliares do dispositivo. Quando você descobre em um contator que há pelo menos três contatos elétricos com alguns contatos adicionais integrados, um relé de controle médio conterá apenas dois contatos elétricos do tipo não ou NC. Da mesma forma, quando você descobre que um relé de controle possui contatos abertos e fechados, o contator típico é ajustado para operar somente quando o contato estiver aberto. Ao contrário dos relés, eles operam em contatos tipo A.

5. Classificação do sistema

Conforme mencionado anteriormente, a maior e final diferença entre esses dois dispositivos são as classificações do sistema e a capacidade de controle de tensão. A tensão nominal dos relés tradicionais é de apenas 250 V, enquanto a tensão nominal dos contatores é geralmente 1000 V ou superior.

Deve-se notar que a maior diferença entre esses dois dispositivos é o tamanho e as características estruturais. Os relés são muito menores que os contatores, por isso, quando você os compara aos contatores, suas funções, tensão e capacidade são frequentemente limitadas. Como esses dois dispositivos têm funções diferentes, você não pode usá-los de forma intercambiável.

6. Aplicação de relés e contatores

Pela sua estrutura pode-se perceber que tanto os relés quanto os contatores possuem funções específicas. Por exemplo, os relés são projetados para circuitos monofásicos e são mais adequados para aplicações monofásicas. Ou você pode usar contatores em uma rede com pelo menos três fases. Embora as funções do relé de tocha moderno sejam diferentes devido às suas muitas características, algumas aplicações básicas incluem:

  1. Equipamento automotivo
  2. Gerencie e monitore motores
  3. Diversas aplicações industriais

7. Gerenciar e controlar cargas elétricas

Assim como os relés, os contatores possuem uma série de categorias, embora você descubra que eles têm diversos usos. As operações básicas incluem:

  1. Ligue o motor
  2. Trocar bancos de capacitores existentes

8. Controlar e monitorar equipamentos de iluminação

Como escolher um contator ou relé?

Se você estiver confuso sobre a escolha de um contator ou relé, talvez seja necessário considerar as seguintes dicas:

O relé de controle é mais adequado para a operação de circuitos monofásicos que requerem 250 VCA e capacidade de corrente de 10a ou menos.

Ou, quando a capacidade de corrente for 9A ou superior, você pode querer usar um contator em um circuito monofásico a trifásico com um requisito de capacidade de 1000 VCA ou superior.

Depois que esses fatores-chave forem considerados, será mais fácil determinar qual desses dois dispositivos melhor atende às suas necessidades. Conforme mencionado anteriormente, como ambos os dispositivos possuem funções específicas e únicas, é melhor usar o produto apropriado no ambiente apropriado.

Conclusão

Você pode querer usar contatores para comutar motores ou luminárias ou qualquer outro equipamento de corrente conhecido de alta capacidade. Esses dispositivos também possuem pelo menos um par de contatos específicos na capacidade de entrada-saída trifásica. Os contactos são abertos e, em alguns casos, estão divididos em mais grupos, nomeadamente contactos auxiliares com capacidades NA e NC.

Por outro lado, os relés possuem apenas um ou dois pares de contatos abertos ou fechados. Você pode optar por abrir ou fechar os contatos apenas girando a bobina. Como esses dois dispositivos têm funções diferentes, é melhor operá-los somente dentro da faixa de capacidade necessária.

Compartilhar:

Mais postagens

Envie-nos uma mensagem

Caixa de temporizador TB388 para piscina
Guia de mudança de horário

Tudo o que você precisa saber sobre um cronômetro de piscina

Quer você tenha um mostrador tradicional ou uma interface digital,…

Interruptores temporizadores elétricos AHC810 para luzes
Guia de mudança de horário

O que saber sobre o temporizador para luzes de paisagem

A escolha dos temporizadores de luz externos certos depende de suas preferências, ...

Interruptor de tempo astronômico AHD16T
Guia de mudança de horário

Compreendendo a mudança de horário astronômico: aplicações, benefícios e recursos

Os interruptores horários astronômicos são comumente usados para iluminação pública e…

Guia de mudança de horário

Qual é o princípio de funcionamento do disjuntor com religador automático?

Esses tipos de MCBs e RCCBs com funções de religamento automático…

Guia de mudança de horário

Quais são os tipos de relés elétricos

Os relés elétricos são um dos dispositivos mais usados…

Guia de mudança de horário

Como um temporizador pode beneficiar o crescimento automatizado!

É improvável que mesmo o jardineiro hidropônico mais perspicaz tome cuidado…